1º SIRESANT - CURITIBA

16 de julho de 2019, 08h00 até 18 de julho de 2019, 16h30
Segundo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo - Curitiba, PR

Informações

O aumento do uso comercial do Sistema de Aeronaves Não Tripuladas, do inglês Unmanned Aircraft System (UAS), deu início ao chamado “mercado dos drones”. Segundo a Association for Unmanned Vehicle Systems International (AUVSI), esse mercado movimentará, somente nos Estados Unidos, cerca de US$ 82 bilhões, gerando, até 2025, 100.000 novos postos de trabalho no mercado norte-americano.

A facilidade de acesso à tecnologia, o baixo custo se comparado à aviação tripulada e o mercado promissor têm atraído um diversificado público que, muitas das vezes, não demonstra o conhecimento necessário para operar o Sistema. O resultado tem sido uma grande incidência de utilização irresponsável do espaço aéreo, colocando em risco os demais usuários, pessoas e propriedades no solo.

Visando proporcionar o crescimento do setor, bem como atender aos interesses do Estado brasileiro, a Autoridades Aeronáuticas têm buscado conscientizar, por meio de campanhas educativas, o público envolvido.

O Simpósio Regional sobre Sistemas de Aeronaves Não Tripuladas – SiReSANT, seguindo a premissa educativa, será um evento promovido pelo Segundo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA II), com o objetivo de proporcionar aos participantes, por meio de palestras expositivas, o contato com as melhores práticas relacionadas à operação segura do sistema de aeronaves não tripuladas.

O encontro terá a duração de três dias e será composto por dezesseis palestras realizadas em blocos, um em cada período do dia (manhã e tarde) e ao término dos quais, haverá debates com a participação da audiência, por meio de questionamentos direcionados aos palestrantes e realizados pelo moderador.

Para que fosse dado um caráter educativo ao encontro, foram selecionados temas que envolvessem todos os stakeholders do segmento (Indústria, Academia, Operadores e Autoridades Reguladoras), proporcionando aos presentes conhecer as características deste sistema considerado pela Organização de Aviação Civil Internacional – OACI, como a nova era da aviação.

Carregando área de inscrição

Palestrantes

Saiba mais

Ten Brig Domingues

Saiba mais

MB Viana

Saiba mais

Cel Vargas

Saiba mais

Cel Mário Celso

Saiba mais

Ten Cel Montenegro

Saiba mais

Maj Haberfeld

Saiba mais

Maj Jorge

Saiba mais

Cap Dionísio

Saiba mais

Cap Câmara

Saiba mais

Cap Jean

Saiba mais

Engº Giovani

Saiba mais

ENGº Emerson Granemman

Saiba mais

Engº Tiago

Saiba mais

Engº Ailton

Saiba mais

SGT Faria

Saiba mais

SGT Alex Souza

Saiba mais

SGT Fontoura

Saiba mais

Inv. Juliano

Programação:

CREDENCIAMENTO Credenciamento

ATO DECLARATÓRIO DE ABERTURA Abertura · Ten Brig Domingues

PALESTRA 1 - O ENVOLVIMENTO DO BRASIL COM A AVIAÇÃO NÃO TRIPULADA Palestra · Maj Jorge

PALESTRA 2 - PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO DA AVIAÇÃO NÃO TRIPULADA NO BRASIL Palestra · Engº Ailton

MODERADOR B1 - CEL VARGAS (DECEA) Fórum

PALESTRA 3 - AEROLEVANTAMENTO COM PLATAFORMA NÃO TRIPULADA Palestra · Cel Mário Celso

PALESTRA 4 - PERSPECTIVAS DO MERCADO NÃO TRIPULADO Palestra · ENGº Emerson Granemman

PALESTRA 5 - O EMPREGO DA AVIAÇÃO NÃO TRIPULADA NA FORÇA AÉREA BRASILEIRA Palestra · Cap Câmara

MODERADOR B2 - MAJ JORGE (CINDACTA II) Fórum · Maj Jorge

PALESTRA 6 - OS DESAFIOS DO PROVEDOR DO SERVIÇO DE NAVEGAÇÃO AÉREA – PSNA Palestra · SGT Alex Souza

PALESTRA 7 - O EMPREGO DA AVIAÇÃO NÃO TRIPULADA NO EXÉRCITO BRASILEIRO Palestra · Ten Cel Montenegro

PALESTRA 8 - A INDÚSTRIA DA AVIAÇÃO NÃO TRIPULADA NO BRASIL Palestra · Engº Giovani

MODERADOR B3 - CAP DIONÍSIO (CINDACTA II) Fórum · Cap Dionísio

PALESTRA 9 - REGULAMENTAÇÃO DE ACESSO AO ESPAÇO AÉREO POR AERONAVES NÃO TRIPULADAS Palestra · Cel Vargas

PALESTRA 10 - ANÁLISE DE ACESSO AO ESPAÇO AÉREO Palestra · Cap Dionísio

PALESTRA 11 - UTM BRASIL - POSSIBILIDADES E DESAFIOS À INOVAÇÃO NA MOBILIDADE URBANA Palestra · Maj Haberfeld

MODERADOR B4 - SGT FONTOURA (CINDACTA II) Fórum · SGT Fontoura

PALESTRA 12 - UMA VISÃO DE FUTURO Palestra · Engº Tiago

PALESTRA 13 - O EMPREGO DA AVIAÇÃO NÃO TRIPULADA EM OPERAÇÕES POLICIAIS Palestra · Cap Jean

PALESTRA 14 - FISCALIZAÇÃO DAS OPERAÇÕES Palestra · Inv. Juliano

MODERADOR B5 - ENGº EMERSON (DRONESHOW) Fórum · Cel Vargas, ENGº Emerson Granemman

PALESTRA 15 - PROCESSO DE INFRAÇÃO Palestra · SGT Faria

PALESTRA 16 - CONSOLIDAÇÃO DO EMBASAMENTO JURÍDICO E NORMATIVO Palestra · MB Viana

MODERADOR B6 - CEL ADACHI Fórum · Cel Adachi

ENCERRAMENTO Encerramento · Cel Adachi

Credenciamento

O credenciamento deverá ser realizado com o vaoucher emitido, por ocasião da inscrição online.

Segundo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo

Avenida Prefeito Erasto Gaertner, 1000

Bacacheri, Curitiba - PR

82515-000

Segundo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo

Avenida Prefeito Erasto Gaertner, 1000

Bacacheri, Curitiba - PR

82515-000

Quer se tornar um parceiro?

Segundo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo - CINDACTA II

O CINDACTA II, Organização subordinada ao Departamento de Controle do Espaço Aéreo, possui a missão de garantir a vigilância e o controle da circulação aérea geral, bem como conduzir as aeronaves que têm por missão manter a integridade e a soberania do espaço aéreo brasileiro, no sul do Brasil.

Ten Brig Domingues

DECEA


DIretor Geral do Departamento de Controle do Espaço Aéreo.

MB Viana

UNISUL


Major Brigadeiro Reformado, formado na Escola de Aeronáutica em 1969. Foi Instrutor das aeronaves T-37, T-23, piloto de transporte, de helicóptero, de operações aéreas especiais. Voou as plataformas T-21, T-6, TC-45, SA-16, U-42, L42, U-7, C-45, C-95, VU-9, VU-35, H-13, SH-1D, H-1H, H-50, H-55. Serviu no CFPM, 2º/10 GAV, 6º ETA, comandou o 5º/8º GAV e a Base Aérea de Brasília (BABR), chefiou a Comissão Aeronáutica Brasileira em Washington, serviu no Comando Geral do Ar - COMGAR, chefiou a Subsecretaria de Finanças da SEFA, as 3ª e 4ª Subchefias do Estado Maior da Aeronáutica - EMAER, foi Chefe do Estado Maior do Comando Geral de Pessoal - COMGEP, dirigiu o Centro Tecnológico Aeroespacial - CTA, última função na FAB. É Assessor e Professor na Universidade do Sul de Santa Catarina, onde coordenou a criação dos cursos de Logística e Ciências Aeronáuticas, foi assessor da CELESC no P&D de SARP para inspeção de linhas de transmissão. Interesses empresarias em ensino adaptativo híbrido e em Educação a Distância, incluindo cursos na área da Aviação Civil e Drones.

Cel Vargas

DECEA


O Cel Vargas, do efetivo do DECEA, é Membro do Painel de Aeronaves Remotamente Pilotodas da OACI e ministrará a palestra intutulada "Sistema de aeronaves não tripuladas e o seu arcabouço regulatório (SARPAS)".

Cel Mário Celso

Ministério da Defesa


O Coronel Mário Celso, do efetivo da Seção de Geoinformação, Meteorologia e Aerolevantamento – SEGMA do Ministério da Defesa, é Oficial Especialista em Fotografia e atuou, ao longo de sua carreira, nas atividaes de Reconhecimento Aéreo, Espectroscopia por Imageamento, Reconhecimento Meteorológico, Navegador Foto nas aeronaves R-95 e R-35, Coordenador Tático da aeronave R-99, e Operador de Guerra Eletrônica.

Foi Chefe da Subseção de análise de Imagens da Seção de Inteligência do 1º/6º Gav, da Seção de Instrução do 1º/6º Gav, da Seção de Comando da BAAN, Seção de Comando do 2º/6º Gav, Comandante da 2ª Esquadrilha do 2º/6º Gav, e atualmente é Assessor Militar do Ministério da Defesa.

Ten Cel Montenegro

Instituto Militar de Engenharia


O TC Montenegro é Engenheiro formado pelo Instituto Militar de Engenharia (IME) e possui mestrado em Engenharia Elétrica - Controle Robusto pelo IME (2005), com a dissertação intitulada Identificação de Modelos Dinâmicos no Domínio da Frequência Aplicada a Sistemas Aeronáuticos. Atualmente é Professor de Laboratório de Sistemas de Controle da Seção de Engenharia Elétrica do IME, Subchefe da Seção de Engenharia Nuclear do IME e Oficial de Ligação do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Centro Tecnológico do Exército com a Agência Brasileira de Inteligência. Tem experiência nas áreas de Engenharia Eletrônica, Sensores, Controle Robusto, Engenharia Aeronáutica - Veículos Aéreos Não-Tripulados, Armas Não-Letais, Eletromagnetismo Aplicado - Pulso Eletromagnético, Sensoriamento Remoto - Controle Ambiental e Aeronomia, tendo participado de projetos de Mísseis no Grupo de Mísseis e Foguetes do Centro Tecnológico do Exército e de projetos de aeronaves autônomas no Instituto de Aeronáutica e Espaço do Centro Tecnológico da Aeronáutica.

Maj Haberfeld

1º GCC


O Maj Av Haberfeld, do efetivo do 1º Grupo de Comunicações e Controle (1º GCC), tem trabalhado e pesquisado as atividades aéreas não tripuladas desde 2015. Idealizador do sistema SARPAS e do Projeto DRONE CONSCIENTE, quando no DECEA, atuou na implementação da ICA 100-40 e como membro brasileiro no Painel de Aeronaves Remotamente Pilotadas, gerenciado pelo Organização da Aviação CIvil Internacional -OACI, com diversos artigos publicados no Brasil e no exterior sobre aplicações aéreas não tripuladas. Atualmente, atua à frente da Divisão de Operações do 1º GCC e a pesquisar as possibilidades de projeção do Estado brasileiro a partir de inovações tecnológicas, em especial o UTM no espaço aéreo brasileiro.

Maj Jorge

CINDACTA II


O Maj Jorge, do efetivo do CINDACTA II, tem trabalhado com o sistema de aeronaves não tripuladas desde 2009 e fez parte da equipe responsável pela confecção da primeira Carta de Acordo Operacional firmada entre o DECEA e o  Departamento de Polícia Federal, e inerente à operação da aeronave HERON na tríplice fronteira. Atualmente, o Maj Jorge é Membro Brasileiro do Painel de Aeronaves Remotamente Pilotadas, gerenciado pelo Organização da Aviação CIvil Internacional - OACI, contribuindo, desde de 2015, para o estabelecimento de um arcabouço regulatório.

 

Cap Dionísio

CINDACTA II


O Capitão Dionisio é Chefe da Seção de Tráfego Aéreo, seção na qual são analisadas todas as solicitações de acesso ao espaço Aéreo para os mais diversos fins, tais como lançamentos de foguetes, tiro, voos de teste de aeronaves, balonismo, voo recreativo, voos agrícolas, operações militares e, também as solicitações de voo de RPA através do SARPAS.

Cap Câmara

Força Aérea Brasileira


O Capitão Câmara é proveniente da aviação de Caça e atualmente exerce a função operacional de Piloto da aeronave RQ-450WE do Esquadrão Hórus. Além dos cursos de carreira, possui especialização em Análise de Ambiente Eletromagnético, pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica - ITA. Em âmbito administrativo, o Cap Câmara atua na Seção de Operações do Esquadrão Hórus como chefe da Célula de Planejamento e Controle de Instrução.
 

Cap Jean

PMMG


Atuando como piloto de avião no Comando de Aviação da PMMG, o Cap Jean Participou, no ano de 2015, do recebimento da primeira RPA da Insituição, sendo incumbido em seguida de regularizar sua documentação e operacionalizar seu emprego. Tem atuado, desde então, para transformar esta novidade tecnológica em uma inovação, buscando introduzir esta nova ferramenta no teatro de operações da milícia de Tiradentes e trazer um ganho de qualidade e desempenho, bem como a entrega de novos serviços à sociedade como a Guarnição de RPA que opera aeronaves não tripuladas diariamente na Região Metropolitana de Belo Horizonte.
Atualmente, o Cap Jean está à frente do grupamento de RPA do Comando de Aviação, que, seguindo os princípios SIPAER de segurança de voo, gerencia o emprego desta tecnologia em todo o Estado bem como o executa o apoio operacional com RPA na RMBH.

 

Engº Giovani

XMOBOTS


Engenheiro mecatrônico formado pela Poli-USP e mestre em sistemas aviônicos de RPAS pela mesma Instituição. Iniciou o desenvolvimento de drones em 2004 e em 2007 fundou a XMobots. Esteve à frente de projetos já consagrados no mercado nacional de RPAS, como os drones Nauru 500x, que foi o primeiro avião não tripulado privado do Brasil autorizado a voar pela ANAC além do Echar 20x utilizado pelo INCRA para georreferenciamento de imóveis rurais e Arator 5x que se consolidou no mercado sucroalcooleiro e é o unico drone com projeto aprovado pela ANAC para voos acima de 400ft. Atualmente é o CEO da XMobots, considerada uma das líderes na América Latina do segmento de Drones para Agricultura.

ENGº Emerson Granemman

DRONESHOW


É fundador e atual CEO da MundoGEO, empresa promotora de eventos e geradora de conteúdo nas áreas de geolocalização e drones. É coordenador de dois Fóruns Empresariais destes setores. Engenheiro cartógrafo formado pela Universidade Federal do Paraná. Trabalhou no setor de produção cartográfica, onde constatou a necessidade de conectar produtores e usuários da geoinformação. Decidiu então criar o evento MundoGEO Connect. Recentemente, percebendo o imenso potencial das aplicações dos drones, criou a DroneShow com foco no profissionalismo e na segurança das operações nas áreas de infraestrutura, agricultura, segurança, meio ambiente, recursos naturais, mapeamento, delivery entre outras.

Engº Tiago

JETWIND


Mestrado em Engenharia Aeronáutica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica – ITA, com trabalhos centrados em Ensaios em Voo, graduado em Engenharia Eletrônica pelo Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel, Tiago Giglio Rodrigues possui experiência em corporações multinacionais de grande porte, tendo atuado no Brasil e exterior nos segmentos de comunicação via satélite, offshore e Plataformas de Alta Altitude. É especialista em projeto de Aeronaves Remotamente Pilotadas (RPA) e seus Sistemas (RPAS), fundador da JETWIND Brasil, empresa brasileira que desenvolve aeronaves para os mercados de Defesa, Segurança e Agro. No segmento aeronáutico, dentre seus trabalhos, destacam-se os apresentados na InternationalTelemetering Conference – ITC, EUA, Society of Flight TestsEngineers – SFTE, EUA e European Space Agency – ESA, Holanda.

Engº Ailton

ANAC


Engenheiro eletricista (UFSC) e especialista em segurança de voo e aeronavegabilidade continuada (ITA). Há mais de 10 anos na ANAC tendo atuado na certificação de sistemas de displays de voo nos programas Phenom 100/300, Legacy 450/500 e outros. Atualmente atua na coordenação de atos normativos de aeronavegabilidade onde desenvolveu regulamentos ambientais (RBAC 34 e 38), de certificação de tipo (RBAC 23) e de aeronaves não tripuladas (RBAC-E 94). É participante do painel de sistemas de aeronaves remotamente pilotadas (RPAS) da ICAO no qual ocupa a função de relator do grupo de trabalho de aeronavegabilidade.

SGT Faria

CINDACTA II


O SGT Faria, do efetivo da Subdivisão de Gerenciamento de Tráfego Aéreo do CINDACTA II, é especialista em Controle de Tráfego Aéreo, atuando como Instrutor e Supervisor do Centro de Controle de Área de Curitiba (ACC-CW). Possui Bacharelado em Direito, pela Universidade Tuiuti do Paraná. Especializou-se na Associação Brasileira de Direito Aeronáutico e Espacial, atuando. desde 2010 nas análises e emissões de parecer sobre infrações de tráfego aéreo ocorridas na Região de Informação de Voo sob responsabilidade do CINDACTA II.

SGT Alex Souza

DTCEA-SM


O SGT Alex Souza do efetivo do Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Santa Maria - DTCEA-SM, é especialista em Controle de Tráfego Aéreo, e atua como Instrutor da Torre de Controle (TWR-SM) e do Controle  de Aproximação (APP-SM); sediados na ALA4, na cidade de Santa Maria - RS. Além de  desempenhar suas funções como Controlador de Tráfego Aéreo, participa de atividades correlatas à criação de procedimentos e acordos operacionais que viabilizam as atividades no aeródromo de Santa Maria que envolvem a aviação tripulada e não tripulada. O Militar possui Bacharelado em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Santa Maria.

SGT Fontoura

Força Aérea Brasileira


O SGT Fontoura é especialista em Controle de Tráfego Aéreo, pertence ao efetivo da Subdivisão de Operações Militares do CINDACTA II, e desempenha as funções de Controlador, Instrutor e Supervisor, de Órgão de Controle de Tráfego Aéreo. O Militar é membro do Comitê RPAS do CINDACTA II e fez parte das equipes que planejaram as operações da aeronave HERON da Polícia Federal que atuou na tríplice fronteira, e das aeronaves RQ-450 e RQ-900 que atuaram na Copa do Mundo 2014 e nos Jogos Olímpicos de 2016. O Atualmente é acadêmico do Curso de Engenharia de Produção da UNICESUMAR.

Inv. Juliano

Polícia Civil do PR


Formado em Engenharia Elétrica pela UFPR, atuou por 10 anos na Siemens como Engenheiro de Telecomunicações, na área de Projetos e Vendas para Grandes Clientes.  Atualmente, possui a função de  Investigador de Polícia, atuando, há 9 anos, na DELEGACIA MÓVEL DE ATENDIMENTO AO FUTEBOL E GRANDES EVENTOS – DEMAFE. O Inv. Juliano é o Engenheiro Responsável pela Unidade Móvel, caracterizada por  um ônibus transformado em Delegacia. Possui a qualificação de piloto de drone, em operações especiais e instrutor de operação do equipamento para outros policiais. Participou de todos os grandes eventos do Paraná, como shows internacionais, feiras agropecuárias, jogos de futebol, operações especiais de repressão, apoio à Receita Federal e à Polícia Rodoviária Federal.  Tem realizado, por ocasião dos eventos, a fiscalização dos Pilotos de DRONES, a tipificação do crime ou infração penal cometida, com consequente encaminhamento do processo para o Poder Judiciário, bem como o procedimento policial de apreensão do DRONE. Foi pioneiro, dentro da Polícia Civil do Paraná, na área de fiscalização de operações com drones.