21° ENAST

21° ENAST

Encontro Nacional de Astronomia

Faça sua inscrição
De 01 a 04 de novembro Todos os dias das 08h às 18h
Natal, RN IFRN

Sobre o Evento


21º ENAST

Os Encontros Nacionais de Astronomia, ENASTs, são encontros que reúnem astrônomos profissionais, amadores, entusiastas, estudantes e educadores com o objetivo de compartilhar experiências e pesquisas para o desenvolvimento e difusão da Astronomia no Brasil. São realizados anualmente desde 1998. Os ENASTs são organizados por comissões locais compostas por grupos e associações de astrônomos com o apoio de um conselho nacional. São realizados sempre no mês de novembro de cada ano, preferencialmente, aproveitando os feriados. A duração do evento pode ocorrer entre dois a quatro dias. Nos eventos são apresentadas palestras de pesquisadores renomados, trabalhos acadêmicos, oficinas, minicursos, exposições de pôsteres, astrofotografias, instrumentos, observações telescópicas, apresentações artísticas entre outros. A média de público nos encontros é de 200 a 300 participantes. O evento desperta também grande interesse do público e dos meios de comunicação local.

Este ano realizaremos a 21ª edição do ENAST na cidade de Natal, Rio Grande do Norte, entre os dias 1 e 4 de novembro, nas instalações do Instituto Federal de Educação e Tecnologia (IFRN)


Últimas notícias

Quarta, 31/10/2018 - Visita ao CLBI
Confirmaçao de inscritos para a visita ao CLBI. Visite: doity.com.br/enast2018/https://doity.com.br/enast2018/blog/clbi


Segunda, 29/10/2018 - Cronograma de apresentações
Disponibilizado o cronograma de apresentações de comunicações orais e pôsteres.


Sábado, 27/10/2018 - Abertas inscrições para minicursos e oficinas
Inscrições para minicursos e oficinas estão abertas. Todas as atividades serão divididas em 2 dias e ocorrerão simultaneamente.


Segunda, 17/09/2018 - Abertas inscrições para visita ao CLBI/CVT-Espacial
No momento, apenas a inscrição da visita ao CLBI/CVT-Espacial será disponibilizada, devido a necessidade de autorização e reserva de vagas nos ônibus. Enquanto isso, estamos remanejando os horários de minicursos e oficinas para contemplar o máximo de participantes e evitar atividades simultâneas.


Segunda, 17/09/2018 - Extensão do primeiro lote
A comissão de organização decidiu estender o prazo do 1º lote até o dia 30/09. Dessa forma, o 2º e 3º lote entram em vigência nas datas 01/10 e 21/10, respectivamente.


Segunda, 17/09/2018 - Disponibilidade das camisetas
Estamos viabilizando a entrega de camisetas para os participantes do ENAST. Isto tem um custo que será coberto com o que arrecadarmos através da taxa de inscrição. Todavia a confecção requer um prazo para entrega. Desta forma, só poderemos garantir camisetas para as pessoas que fizerem o pagamento da taxa de inscrição até o dia 30 de setembro.

Palestrantes

  • Alcione da Anunciação Caetano
  • Allysson Macário de Araújo Caldas
  • Cristóvão Jacques Lage de faria
  • Gilvan Luiz Borba
  • José Dias do Nascimento Júnior
  • José Roberto de Vasconcelos Costa
  • Marcelo Zurita
  • Marco Antônio Vieira de Rezende
  • Maria Elizabeth Zucolotto
  • Naelton Mendes de Araújo
  • Noeli Piedade de Almeida
  • Saulo Machado Filho
  • Nelson Alberto Soares Travnik
  • Paulo Sergio Bretones
  • Roberto de Paula
  • Júlio Francisco Dantas de Rezende
  • Antônio Araújo Sobrinho
  • Antônio Carlos da Silva Miranda

Programação

14h00 Credenciamento Credenciamento
Local: Auditório Central do IFRN

Credenciamento dos Participantes

16h00 Apresentação das “Crianças do Sistema Solar e do Universo Apresentação Artística
Local: Auditório central

APRESENTAÇÃO DAS CRIANÇAS DO SISTEMA SOLAR E DO UNIVERSO.

Apresentadora: Lindemânia Severina de Araújo Costa

Diretora do Instituto Reis Magos

Um grupo de crianças, do Ensino Fundamental Instituto Reis Magos de Natal, fará uma apresentação, em primeira pessoa, dos astros principais do Sistema Solar e de outros astros que compõem o universo. Nesta apresentação as crianças citam alguns destaques dos astros que caracterizam o Sistema Solar e o universo finalizando com uma mensagem e desejando boas vindas aos participantes do XXI ENAST.

16h30 Apresentação: O RAIO E A PARTIÍCULA Apresentação Artística
Local: Auditório central

Autor: Antônio Araújo Sobrinho / ANRA

Leitura e breves comentários de um texto sobre a matéria e a energia

Apresentação: Instituto Reis Magos

17h00 - Marco Antônio Vieira de Rezende Palestra de abertura: O programa espacial brasileiro Abertura
Local: Auditório central

Palestra de abertura

O PROGRAMA ESPACIAL BRASILEIRO

Palestrante

Marco Antônio Vieira de Rezende

Coronel Aviador, Coordenador da Unidade Regional de Natal, da Agência Espacial Brasileira (AEB)

 

RESUMO

   O CVT- Espacial foi inaugurado em 13 de novembro de 2017 e já recebeu quase 700 jovens da rede pública/privada da cidade de Natal-RN. Imaginemos um espaço onde seja possível reunir conhecimento tecnológico e científico de ponta, onde o aluno possa não apenas aprender princípios fundamentais de inúmeras ciências, mas, principalmente, aplicar esse conhecimento; um espaço onde à vivência multidisciplinar seja incentivada a partir da proposta de missões; onde ciência e tecnologia se aliem ao exercício do companheirismo, do espírito de equipe e competição; onde, pela aplicação de exercícios com metas bem definidas, o conhecimento seja apreendido de forma eficiente, não apenas como mera informação, mas como ferramenta para o resto da vida: esses são os objetivos intangíveis do Centro Vocacional Tecnológico Espacial.

     O CVT- Espacial reúne diversas ferramentas tecnológicas que se integram de forma harmônica e que têm equivalentes imediatos em qualquer moderno parque tecnológico ou planta industrial. De fato, a realização de uma missão espacial não difere, em objetivos e metas, de qualquer outro complexo objetivo terrestre, seja ele voltado para aumentar a eficiência final de um processo ou de um trabalho coletivo como, por exemplo, o planejamento de atividade de exploração e construção em larga escala. No CVT- Espacial, o aluno tem a oportunidade de entender o porquê de determinado processo, as razões que sancionam cada elo da cadeia de uma missão e que, portanto, justificam o comportamento organizado de uma coletividade que, por sua vez, se inicia pela disciplina do indivíduo, entendido como a menor unidade fundamental desse mesmo coletivo.

    Por essa razão, o CVT- Espacial é voltado para atividades tecnológicas e educacionais orientadas pela Agência Espacial Brasileira (DSAD/AEB), com foco na difusão do acesso ao conhecimento científico e na transferência de conhecimentos tecnológicos na área espacial. O CVT- Espacial foi implementado em parceria com o Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI) em Natal (RN). Além do aprendizado voltado para crianças e adolescentes, o Centro tem estrutura para capacitar pessoal técnico, facilitar a inserção social e qualificar professores, universitários e outros profissionais nos temas relacionados com as atividades espaciais.

    O CVT- Espacial representa um passo importante na modernização do processo educacional do país, uma vez que foge dos esquemas pré-estabelecidos de ensino ou mesmo das chamadas “plataformas educacionais à distância” tão em voga na atualidade, como ferramentas tecnológicas inovadoras. Embora esses novos métodos de aprendizado facilitem e otimizem o acesso à informação, quando se trata de aumentar a eficiência do aprendizado – o que se atinge por meio da integração de vivências a partir de uma mesma ferramenta pedagógica, o modelo do CVT- Espacial é mais indicado. De fato, parte-se do princípio de que o aluno deve se deslocar do seu espaço comum de aprendizado e inserir-se em um novo ambiente, completamente integrado ao conceito de missão, onde ele terá a oportunidade de exercitar o comportamento coletivo, isto é, aprender pela dependência de seus companheiros de equipe na realização de uma meta pré-estabelecida. Como essa meta envolve a manipulação de tecnologia palpável, e não apenas a visualização de tarefas em uma tela de computador ou em folhas de papel, a aprendizagem se concretiza por meio do reforço a envolver todos os sentidos. Trata-se assim do princípio em que se aprende fazendo, cobrindo uma ampla gama de ciências naturais focadas na simulação de uma missão espacial.

 

18h00 Coquetel de abertura Coquetel
Local: Pátio externo do auditório central

Após a finalização da palestra "O Programa Espacial Brasileiro" teremos um conquetel  de abertura do evento. 

Patrocinador: IFRN - Câmpus Natal Central

08h00 - José Dias do Nascimento Júnior Palestra 2: O QUE FAZ UM PLANETA SER HABITÁVEL? Palestra
Local: Auditório

P.2: O QUE FAZ UM PLANETA SER HABITÁVEL?

PALESTRANTE: José Dias do Nascimento Júnior

Astrofísico brasileiro. Professor de Física da UFRN.

Pesquisador Associado ao CfA-Harvard Smithsonian.

08h00 VISITA AO CLBI E CVT-ESPACIAL Visita técnica
Local: CLBI e CVT
08h45 - Paulo Sergio Bretones Palestra 3: PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM ASTRONOMIA: HISTÓRICO, TENDÊNCIAS E DESAFIOS Palestra
Local: Auditório central

Palestra 3: PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM ASTRONOMIA: HISTÓRICO, TENDÊNCIAS E DESAFIOS
Paulo Sérgio Bretones

09h40 Coffee Break Coffee break
Local: A definir

Coffee Break

09h40 Exposição de Pôsteres Apresentação Pôster
Local: A definir

Apresentação dos Pôsteres 

10h30 - Nelson Alberto Soares Travnik, Ricardo José Vaz Tolentino Palestra 4: A IMPORTÂNCIA DA OBSERVAÇÃO LUNAR E A PARTICIPAÇÃO BRASILEIRA NO PROGRAMA LION DA NASA-JPL-SMITHSONIAN INSTITUTION 1968-1972 Palestra
Local: Auditório central

P.3 "A IMPORTÂNCIA DA OBSERVAÇÃO LUNAR E A PARTICIPAÇÃO BRASILEIRA NO PROGRAMA LION DA NASA-JPL-SMITHSONIAN INSTITUTION 1968-1972"

Palestrantes:

Nelson Alberto Soares Travnik (1) e Ricardo José Vaz Tolentino (2)

1 Diretor do Observatório Astronômico de Piracicaba,SP

2 Diretor do Observatório Lunar de Belo Horizonte, MG.

11h15 - Gilvan Luiz Borba palestra 5: UMA REFLEXÃO SOBRE OS 60 ANOS DA CORRIDA ESPACIAL Palestra
Local: Auditório central

Palestra 5
"UMA REFLEXÃO SOBRE OS 60 ANOS DA CORRIDA ESPACIAL"

Gilvan Luiz Borba

Resumo

Passados 60 anos do inicio da corrida espacial, iniciada em 1958 quando os EUA conseguem colocar em órbita seu primeiro satélite, após a chegada da URSS em outubro de 1957, a questão da ocupação do Espaço Interplanetário e suas relações com o desenvolvimento cientifico e tecnológico da sociedade contemporânea ainda é tema de estudos. Para a sociedade, principal beneficiária dessa corrida ainda parece questionável a relação entre os custos dessa grande aventura cientifica do sec. XX e seus benefícios para a humanidade. No presente mini-curso pretende-se traçar as linhas gerais da ciência e tecnologia espaciais desde seus primórdios até os dias atuais focando nas suas contribuições e no estado da arte atual desses ramos do conhecimento no Brasil.

12h00 Almoço Almoço
Local: a definir

Intervalo para almoço 

14h00 - Roberto de Paula Workshops (minicursos e oficinas) Workshop
Local: a definir

Realização de minicursos e oficinas

15h40 Coffee Break Coffee break
Local: A definir

Coffee Break

15h40 Exposição de Pôsteres Apresentação Pôster
Local: A definir

Apresentação dos Pôsteres 

16h20 Comunicações orais Apresentação Oral
Local: A definir

Apresentação de trabalhos.

Visita ao CLBI e CVT-Espacial

Visita ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno e Centro Vocacional Tecnológico Espacial.

 

Às 08h00 - Centro de Lançamento da Barreira do Inferno

Minicurso 01 - METEORITOS

Às 14h00 - Sala 01

Minicurso 02 - ATIVIDADES INTERDISCIPLINARES PARA OS EVENTOS ASTRONÔMICOS DE 2019

Às 14h00 - Sala 02

Minicurso 03 - ASTROFOTOGRAFIA COM CÂMERA DIGITAL

Às 14h00 - Sala 03

Minicurso 04 - OFICINA DE FOGUETES PARA PROJETISTAS PRINCIPIANTES

Às 14h00 - Sala 04

Minicurso 05 - O USO DE APARELHOS E MODELOS NO ENSINO DE ASTRONOMIA EM SALA DE AULA

Às 14h00 - Sala 05

Minicurso 06 - USANDO SMARTPHONES PARA OBSERVAR O CÉU

Às 14h00 - Sala 06

Oficina 01 - TRILHA DO CONHECIMENTO EM ASTRONOMIA: O JOGO E SEU LUGAR NA APRENDIZAGEM DE CIÊNCIAS

Às 14h00 - Sala 07

Oficina 02 - MONTAGENS E LANÇAMENTOS DE FOGUETES EDUCATIVOS

Às 14h00 - Sala 08

Oficina 03 - AS CONSTELAÇÕES NA BANDEIRA NACIONAL

Às 14h00 - Sala 09

Oficina 04 - OBSERVAÇÃO DAS MANCHAS SOLARES COM TELESCÓPIOS E FILTROS SOLARES

Às 14h00 - Sala 10
08h00 Comunicações orais Apresentação Oral
Local: A definir

Apresentação de trabalhos.

09h40 Coffee Break Coffee break
Local: A definir

Coffee Break

09h40 Exposição de Pôsteres Apresentação Pôster
Local: A definir

Apresentação dos Pôsteres 

10h30 - José Roberto de Vasconcelos Costa, Naelton Mendes de Araújo, Saulo Machado Filho Mesa redonda 1: DIVULGAÇÃO DA ASTRONOMIA NA INTERNET Mesa-redonda
Local: Auditório central

M1.  DIVULGAÇÃO DA ASTRONOMIA NA INTERNET

Mediador: Edrôbledo José da Silva - ANRA

José Roberto de Vasconcelos Costa:– ANRA / site Astronomia no ZENITE / Planetary Society

Saulo Machado Filho: GAEA – Grupo de Apoio a Eventos Astronômicos, Fortaleza – CE

Naelton Mendes de Araújo / Fundação Planetário do Rio de Janeiro

 

10h30 - Cristóvão Jacques Lage de faria, Júlio Francisco Dantas de Rezende, Antônio Carlos da Silva Miranda Mesa redonda 2: A ASTRONOMIA E AS FRONTEIRAS DO CONHECIMENTO Mesa-redonda
Local: Miniauditório

M2. A ASTRONOMIA E AS FRONTEIRAS DO CONHECIMENTO

Mediador: Radma Almeida de Freitas - Seec/ E E  T I Alfredo Mesquita Filho

Cristóvão Jacques Lage de Faria - Diretor Científico do CEAMIG – Centro de Estudos Astronômicos de Minas Gerais

Júlio Francisco Dantas de Rezende - UFRN /FAPERN

Antônio Carlos Silva Miranda – UFRPE

12h00 Almoço Almoço
Local: a definir

Intervalo para almoço 

14h00 - Roberto de Paula Workshops (minicursos e oficinas) Workshop
Local: a definir

Realização de minicursos e oficinas

15h40 Coffee Break Coffee break
Local: A definir

Coffee Break

15h40 Exposição de Pôsteres Apresentação Pôster
Local: A definir

Apresentação dos Pôsteres 

16h30 - Allysson Macário de Araújo Caldas Mesa redonda 4: ENSINO E DIVULGAÇÃO DA ASTRONOMIA Mesa-redonda
Local: Miniauditório do Museu de Minérios

M4. ENSINO E DIVULGAÇÃO DA ASTRONOMIA

Mediadora: Maria Romênia da Silva / ANRA

Alexsandro Pereira Lima / UFRN

Alisson Macário de Araújo Caldas / IFPB / APA

Eduardo José Trevisan / Astrônomo amador

16h30 - Paulo Sergio Bretones Mesa redonda 3: A ASTRONOMIA NA EDUCAÇÃO INFORMAL Mesa-redonda
Local: Auditório central

M3. A ASTRONOMIA NA EDUCAÇÃO INFORMAL 

Mediadora: Geneci Cavalcante Moura de Medeiros: IFRN / Câmpus João Câmara

João da Mata Costa: UFRN

Luiz Carlos Jafelice: Professor aposentado da UFRN

Paulo Sergio Bretones: UFSCar – SP / Comissão de Educação e Desenvolvimento da União Astronômica Internacional

 

18h00 Assembleia de encerramento Encerramento
Local: a definir

Assembleia de encerramento do 21º ENAST

Minicurso 01 - METEORITOS

Às 14h00 - Sala 01

Minicurso 02 - ATIVIDADES INTERDISCIPLINARES PARA OS EVENTOS ASTRONÔMICOS DE 2019

Às 14h00 - Sala 02

Minicurso 03 - ASTROFOTOGRAFIA COM CÂMERA DIGITAL

Às 14h00 - Sala 03

Minicurso 04 - OFICINA DE FOGUETES PARA PROJETISTAS PRINCIPIANTES

Às 14h00 - Sala 04

Minicurso 05 - O USO DE APARELHOS E MODELOS NO ENSINO DE ASTRONOMIA EM SALA DE AULA

Às 14h00 - Sala 05

Minicurso 06 - USANDO SMARTPHONES PARA OBSERVAR O CÉU

Às 14h00 - Sala 06

Oficina 02 - MONTAGENS E LANÇAMENTOS DE FOGUETES EDUCATIVOS

Às 14h00 - Sala 08

Oficina 03 - AS CONSTELAÇÕES NA BANDEIRA NACIONAL

Às 14h00 - Sala 09

Oficina 04 - OBSERVAÇÃO DAS MANCHAS SOLARES COM TELESCÓPIOS E FILTROS SOLARES

Às 14h00 - Sala 10
08h00 Visita ao Parque da Cidade Visita técnica
Local: Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte

ROTEIRO DA VISITA AO PARQUE

Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte


1- Breve apresentação do Parque no auditório

2- Visita a Torre e Memorial de Natal

3- Visita ao Centro de Produção de Mudas e Relógio de Sol

4-Breve apresentação da Trilha do Sistema Solar e da Trilha da Vida

 

 

 

12h00 Encerramento do 21º ENAst Encerramento
Local: Parque da Cidade

Encerramento do 21º ENAst no Parque da Cidade. 

Local

IFRN - 59015-000, Avenida Senador Salgado Filho, Tirol, Natal, Rio Grande do Norte,

Apoio

Entidades colaboradas

Organizador

Associação Norte-rio-grandense de Astronomia (ANRA)

Fundada em 17 de junho de 1956, a Associação Norte Rio-grandense de Astronomia (ANRA) é uma das mais antigas do Brasil e, atualmente, é presidida pelo professor Antônio Araújo.